DEFINIÇÃO

Os títulos de renda fixa se caracterizam por possuírem regras definidas de remuneração. Investir em Renda Fixa significa emprestar dinheiro para alguma instituição, como banco, empresa ou para o governo. Na contrapartida, você recebe uma remuneração.


RENDA FIXA – TÍTULOS PRIVADOS

CDB LCI
LCA CRA
CRI LC
DEBÊNTURE LF


TIPOS DE REMUNERAÇÃO

Remuneração Pré-Fixada
Título prefixado possui rentabilidade definida no momento da compra.
Remuneração Pós-Fixada
Título possui rentabilidade atrelada a um determinado índice. Portanto a rentabilidade depende do desempenho do índice no período em questão. O índice mais utilizado é o CDI.
Remuneração Composta (Pré+Pós)
Título possui rentabilidade composta em duas partes, uma pré-fixada e outra pós fixa. O índice mais utilizado para a parte pós-fixada é o IPCA (Inflação). No entanto, podem ser usados quaisquer outros índices.


TRIBUTAÇÃO DE RENDA FIXA

A tributação é sobre os rendimentos e em geral depende ativo em especifico e do temo de aplicação. Alguns títulos são isentos do imposto de renda como por exemplo, LCI, LCA, CRI, CRA.

Tempo de Aplicação

Alíquota

Até 6 meses

22,50%

Acima de 6 meses

20,00%
1 ano a 2 anos

17,50%

Mais de 2 anos

15,00%

Para aplicações com prazo menor que 30 dias é cobrado o IOF, Imposto sobre Operações Financeiras, sobre os rendimentos. Alíquota começa em 96% para aplicações de 1 dia e reduz diariamente até 0% no dia 31° da aplicação.


Dúvidas? 
Entre em contato com nossa equipe e invista melhor.